Neblina

neblina

Procurei-te no meio da neblina, querendo que por detrás de uma árvore aparecesse o teu sorriso contagiante. Procurei-te no meio de tudo sem te encontrar.

Pretendia apenas dizer-te uma palavra…

Quero-te…

Anúncios

2 responses to “Neblina

  • Sininho

    ” Chamei-te. não te encontrei nunca no tempo que é meu. Encontrava-te nos sonhos , quando os anjos eram generosos e me levavam a ti ao custo de acordar e a mão ser a minha.
    Reclamava-te na distância, em silêncio porque me cansava o grito que perdera a força de tanto o emudecer. Partes e partes-me, deixo-te partir. Voltas, e quero que me soltes, Solta-me. Porque voltas?
    Retiro mais uma lasca, dou-ta. deleitas-te. Vais.
    Vai, não voltes, Parti.”

  • John Doe

    Captaste a essência do que escrevi.

    Obrigado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: