Quarto Vermelho

Sugestão musical : Dead Combo – Putos a roubar maçãs

O quarto pintado a vermelho sangue na penumbra, iluminado apenas por um candeeiro de luz amarelada, conferindo uma visão quase fantasmagórica do teu corpo. Vejo-te a pele por entre tules negros que tapam a visão deliciosa das tuas carnes despidas. Rodopias no tapete fofo, que te silencia os passos, levada pela música que deixas entranhar-te no corpo qual perfume inebriante. Os teus cabelos negros que te beijam o pescoço e os ombros, bambolenates com o corpo, fazendo vontade de deixar os meus lábios possuírem. Vais deixando cair as sedas quase transparentes, fazendo-me a mim voar na imaginação de te possuir. Rodopias , mostras-me o teu corpo despido, libertado das amarras, sorris na vertigem que te causas. A pele que mostras, as coxas fortes que se atrevem a mostrar o esplendor do seu interior desejoso. Deixas-me sem ar e sabes disso. Os pequenos seios que se mostram, rijos, palpitantes, pedindo as carícias absorventes das mãos que se acalentam e frenéticas seguram as últimas pontas do tecido que os vai descobrindo.

Cais na cama no auge da música que te preenche. Deixas as mãos escorregarem pelo teu corpo, sedento de ternuras, percorrem-no em força lenta, de mão espalmada e dedos esticados, dirigindo-se ao âmago do corpo. Vejo-te no arfar da respiração tão descompassada, seios ondulantes, a barriga contraída na expectativa do que se segue e eis senão quando a mão te chega ao sexo luzidio, ocultando-o dos olhares indiscretos. Descansas por um segundo, na quietude do quase silêncio, até que levas a que um curioso dedo te penetre lentamente fazendo com que um corrente de energia avassaladora te comece na coxas e te percorra em calor todo o corpo até ao incontido gemido que te sai da boca, em entusiasmo doce. Deixas que a mão te percorra a pele, que o teu corpo rodopie na cama, no formigueiro que te percorre cada nervo, no avassalar de todas as sensações. Mordes o lençol, enquanto tocas o teu íntimo, dedilhas o teu corpo como cordas de harpa esticadas ao máximo, sentes-te tão próxima no auge do desejo até que voas no esquecimento doce do orgasmo que te invade cada pedaço do corpo.

Ficas-te enroscada em ti própria, saboreando a languidez do corpo e da alma satisfeitas, ouvindo ainda os últimos acordes da música que acaba.

Olhas-me, sorris e adormeces…

Anúncios

4 responses to “Quarto Vermelho

  • morena

    Sem palavras…amei…e cada vez amo mais…
    És louco…mas eu gosto de ti assim…
    Arrepiaste-me!!!
    Beijinhos*

  • John Doe

    A loucura faz parte de mim, é certo. Traz um certo sal à vida.

  • Sininho

    Talvez te tenha antecipado nesse momento, do dia que não chega e lembrando-o como a sentença de Sísifo. Finalmente os dois, pensa, treme, vacila, morde o lábio com vontade, mas sem crer que sim. Vinhas.
    O instante seria sublime: os olhares cruzam-se, jogam-se os braços que fogem do corpo para o do outro, trocando de lugar num imenso abraço, terno, quente e húmido. Beijos, muitos, palavras cheias de fome e sede pela longa espera.
    Sabem que o tempo nunca chega, sem pressas recordam-se como é , como querem que seja. Revelam-se os segredos e sem lençol , sem escuro, sem medo procuram-se… Esquecem a roupa, o jantar, o sol ja desponta enquanto disparam instantâneos, fragmentos ao ritmo de um obturador: O cabelo dela como terra arada escorregando pelo peito dele, alisada pela mao que desce a seguir. Ele cheira a Outono, a campo molhado, fertil. Na pele dela que é macia e escorrega, nas curvas e ângulos, no peito que cabe na palma da mão.
    Gosto muito dos seus textos, desculpe se partilhei um tão escondido meu.

  • John Doe

    Sininho:

    Obrigado pela partilha. Nada há a desculpar do seu comentário, muito pelo contrário. Atrevo-me até a pedir que partilhe mais, porque um texto tão belo como o que escreveu merece bem mais que ficar escondido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: