Reflexões

No tempo que parece desaparecer por trás de mim, em corrida alucinante, há muito de muita coisa, pouco de algumas coisas e nada de outras tantas.

Olho para trás e vejo que perdi tanta e tanta coisa. Vejo erros que cometi. Vejo decisões que me precipitei. Vejo coisas que não senti.

E começo a ver novos sentires, ver coisas que nunca vi. Sinto-me mais completo, mais eu. Sinto-me apreciado, sinto-me gostado, sinto-me desejado. E essas sensações, quase desconhecidas até agora, revelam-me um céu mais azul.

Anúncios

4 responses to “Reflexões

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: