Monthly Archives: Abril 2010

Bom dia!!!!

Chego-me a ti e beijo-te as faces. Sinto-te a cara fresca do banho que tomaste à pouco e o perfume dos cabelos que ainda húmidos, aromatizam todo o ar à tua volta.

O sorriso sai-me naturalmente de te ter ali, tão perto, logo pela manhã e todos os sentidos apelam para fechar os olhos e sonhar. Esforço-me por não fazer, deixando que todas as tuas nuances se gravem na retina mais uma vez.

Coloco-me a teu lado, traço-te as costas com o meu braço até a mão te sentir as costelas olhando ambos no mesmo sentido a manhã fresca e pergunto-te de olhos fixos no horizonte: “Pegamos o dia de caras? Alguém o há-de rabojar…”

Uma sexta serena meu anjo…

Anúncios

Andando 15 anos para trás…


Playlist actualizada…


Viagens 2

Com a outra, esta…


Viagens

Em repeat constante nos dois dias da viagem que agora acaba…

(ou mais uma letra brutal dos Muse)


Ouvido…

“Cada minuto que passa é uma hipótese de inverter tudo…”


Li…

..hoje páginas escolhidas ao acaso do “livro” que ambos escrevemos em tantos dias. Lá bem do início e mais para o fim, em páginas soltas de uma quase vida.

A história é bonita, o sentimento puro.

Foi bom reler-te, apesar do aperto de garganta que sinto neste momento, da saudade acumulada e das palavras presas.