Tracks…

Passos que crepitam no cascalho do caminho, cede sobre o peso do corpo e do mundo que pesa aos ombros. Destino? Para lá do horizonte…

Anúncios

4 responses to “Tracks…

  • dulcineia

    Gosto destes caminhos debruados a árvores, fazem-me sentir una com a Natureza… Não interessa aonde eles levam, é sempre uma surpresa, e eu adoro surpresas.

  • Francisco

    Eu também gosto muto de caminhos. Tenho vários que não vou resistindo a imortalizar em negativo.

    Ao contrário de ti, não sou fã de surpresas. Nenhumas. A imprevisibilidade das coisas deixa-me nervoso…

  • Teresa

    Pergunto-me tantas vezes se a previsibilidade será uma benção ou uma penitência.

  • Francisco

    É uma faca de dois gumes Teresa. Há a penitência de saber um fim e há a benção de, por o saber, aproveitar cada momento como se fosse o último, retirar de cada minuto o melhor que tem, guardar o bom que é partilhar nem que seja apenas um passo. Eu gosto da previsibilidade, principalmente porque me posso preparar para o inevitável e aproveitar o caminho da melhor forma.

    Um beijo grande Teresa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: