28 November, 2010 01:26

Gostava de um dia não ser mais que sonho…

Perdido para além de um horizonte que se desconhece, gostava de me tornar carne e sangue, materializado para além do simples ar que se respira, em que os abraços seriam mais que desejos divagados num devaneio matinal, em que a almofada ali ao lado me marcasse a silhueta e ficasse com o odor que se desprende da minha pele.

Anúncios

4 responses to “28 November, 2010 01:26

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: