Um dia…

Um dia, não diferente de todos os outros, rasga-se o peito na vontade de surgir um mundo novo, reconfigurado num upgrade sincero e necessário. A vontade fica mais forte do que o caminho fácil que se percorre quase sem se pensar no passo seguinte, tão certo que é. Um dia, talvez, as unhas se cravem na pele e libertem o pouco notado que existe dentro de cada um de nós, aquele que muito poucos se dão ao trabalho de ir em busca.

Esse dia, se e quando chegue, será celebrado em sorrisos sem vergonha, danças exultaras e dessincronizadas, ao som de uma qualquer música que venha de dentro e afogue todo um passado, para que se varra em definitivo de uma memória que não se quer mais.

Um dia, talvez…

Anúncios

2 responses to “Um dia…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: